You are currently browsing the tag archive for the ‘cheesecake’ tag.

Apresentando: Chocolate Branco Cheesecake

Fotos por: Tainá Azeredo (e irmã)

Modelo: Ariane Guerra (e quase irmã)

Apresentando: Merengue Cheesecake

Fotos por: Tainá Azeredo (e irmã)

Modelo: Ariane Guerra (e quase irmã)

Apresentando: Lemongrass Cheesecake

capim limão, manga, castanha de caju e uma tarde chuvosa

No NewWed, neste sábado!

Mais no site do NewWed

Hoje eu gostaria que minha vó Dorotéa estivesse aqui para curtirmos esse dia chuvoso, para ela me contar suas histórias e para que juntas procurássemos por outras. Hoje, como ela mesma costumava dizer, estou sentindo uma saudade física dela.

Não sei se é o dia que me deixa meio/muito melancólica ou é a sensação de estar voltando às origens que me deixa assim, mas fato é que ao ler a matéria da Nigella para o New York Time (que publiquei logo aqui abaixo) comecei a fazer várias associações que inevitavelmente me levaram à conclusão de que algum dia minha vó, alemã e judia, deve ter feito ou comido um cheesecake – the real one, o original, a origem do que hoje conhecemos como o cheesecake quintessencial que é o NY Cheesecake.

Eu gostaria de ter um caderno de receitas dela na mão, talvez um que tenha sobrevivido a tantas histórias e tantas mudanças de vida, que me levasse a descobrir uma receita de cheesecake que secretamente ela guardava como uma de suas preferidas. Gostaria de ter o prazer de descobrir a tal receita de família e de repente ter a chance de voltar no tempo e conhecer um pouco mais sobre a minha vó e sobre sua história de vida.

Te extraño mi abuela!!

———————————————-

Adendo

Lendo um pouco sobre a tradição do cheesecake na cultura judaica, encontrei um artigo que diz que para muitos judeus ao redor do mundo, Shavuot* é o feriado judaico ideal para se comer cheesecake. É especialmente o feriado onde se preparam pratos com laticínios.

Why do Jews eat Cheesecake on Shavuot?

  1. On Shavuot the Jews received the Torah at Mount Sinai. In order to receive the Torah, they purified themselves and wore white clothes. Through eating milky foods, Jews are signifying the level of spirituality which the Jewish People were to reach in order to receive the Torah.
  2. Before receiving the Torah, Jews did not keep meat and milk separate. When they received the Torah, they were then obligated to use different cooking pots for meat and milk. Because they did not yet have the pots, the just ate milky foods until such time as they had the correct utensils for meat and milk
  3. In Psalms 68:16-17, Mount Sinai is called by several names. One of them, mountain of peaks, Bar Gavnunim in Hebrew, shares the same root as gevinah, the word for cheese.
  4. Some historians speculate that after receiving the Ten Commandments, the ancient Israelites had been gone from their campsite for so long that their milk had soured and became cheese. It’s possible that they fasted while receiving the Ten Commandments and reached for milk upon returning.
  5. The custom of eating dairy on Shavuot is also derived from the biblical verse: Minhah hadashah la-Adoshem be-Shavuotekhem (your Feast of Weeks, when you bring an offering of new grain to the Lord; Numbers 28.26). The initials of the four Hebrew words spell me-halav (from milk), implying that foods made from milk are acceptable on Shavuot.
  6. Jews are fond of playing with deeper connections between the numerical value of a word and other words or meanings with the same or double or half the numerical value to ‘prove’ various linkages and allude to other meanings. This is called gematria. The numerical equivalent of the word milk in Hebrew, chalav, is forty. The same number of days that Moses was up on Mount Sinai.

* Shavuot é o segundo feriado dos três feriados de peregrinação. Este feriado também é conhecido pelos nomes de “Festa das Primícias” (Chag HaBikurim) e Festa do “Recebimento da Torá” (Matan Torá). O feriado é de um dia em Israel (dia 6 do mês de Nissan) e de dois dias na Diáspora (6-7 do mês de Nissan).